quinta-feira

Ficar desempregado ou ficar infeliz no mesmo emprego?


Quando a gente é adolescente, sonha em trabalhar. A gente pensa que tudo é fácil, que oportunidades vão cair em cima de nós, mas a realidade é bem diferente.
Depois que saí da faculdade não foi assim tão fácil achar um emprego na minha área, e quando achei, eu não gostava de fazer as mesmas coisas todo santo dia.
Fiquei em uma empresa por 3 meses e pedi a conta. Depois fiquei em outra empresa por 4 meses e também pedi demissão pois tudo se repetia. Agora estou há 11 meses e finalmente estou gostando. O salário não é dos melhores, mas pelo menos tenho adquirido uma experiência legal e não fico presa fazendo as mesmas coisas.

Conheço gente que trabalha há anos numa mesma empresa, reclama todo dia, é infeliz, mas não se coça para procurar outra coisa. Eu sei que não dá pra jogar tudo pro alto de repente. Muitas vezes você tem filhos, pessoas que dependem do seu salário. Só não podemos esquecer também da nossa felicidade e da nossa qualidade de vida. É um risco muito grande largar tudo mas é algo necessário se você está mal em um lugar.
Passamos tanto tempo em nosso emprego que não dá pra fechar os olhos e todo dia se vender pra fazer algo que não agrada e conviver com pessoas que não gosta.

Nossa vida precisa dar uma guinada às vezes, ou nos prenderemos em uma rotina sem fim e que acabará nos matando.

Tanta gente acaba doente de tanto estresse. Tanta gente acaba com seus sonhos, com sua criatividade por falta de interesse ou acomodação.
Não digo que você tenha que mudar de emprego a cada ano para se sentir vivo. Mas se está insatisfeito e não tem coragem de sair, não custa nada pensar em mudar algo na empresa em que você trabalha, então.
Dar ideias, deixar de lado a mágoa, procurar ver o lado bom das pessoas com quem trabalha. Isso pode mudar bastante sua rotina. E se não der certo, vá procurando um outro emprego enquanto continua no atual. O que não pode é acabar com sua vida e se anular por causa de dinheiro.

Lute para que o seu trabalho também seja algo prazeroso. Para que aquelas 8 horas não sejam um fardo.
É tão triste observar que as pessoas vivem aguardando a tal "sexta-feira" e no resto da semana não vivem, só existem.

E se você está sem emprego no momento, não se desespere. Entre na internet, procure algo legal para estudar e faça seu tempo render. Essa foto minha na abertura do post era da época de desempregada e eu estava aprimorando o pouco conhecimento que tenho na fotografia. É meu hobby, mas já usei minhas técnicas no trabalho. Nenhum conhecimento é desperdiçado!

E se você está infeliz no trabalho, mude algo. Mude seu comportamento ou mude de emprego .. mas mude! Não deixe que sua vida passe em branco no expediente. Viva em todas as formas e em todos os lugares.

2 comentários:

  1. Josianne Ribeiro Paiva26 de dezembro de 2012 19:57

    Gostei do seu texto. Estou bem triste no meu trabalho mas não posso deixar. Tenho filho e também tenho medo de não dar certo no outro trabalho. Eu acho que depois que você tem filho as coisas mudam e difícil deixar tudo aí a gente acaba ficando insatisfeito e sem saída.
    Mas como vcê diz podemos mudar algo no trabalho!!!!!
    Beeijoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!
      Sabe, é normal ter medo de mudanças ainda mais com pessoas que dependem de você. Mas mude o que está te deixando infeliz e quem sabe assim você começa a ficar empolgada como no início :)
      Beijos.

      Excluir

Deixe abaixo de seu comentário o endereço do seu blog para que eu possa retribuir a visita :D