quinta-feira

Seios a mostra não pode? Libertem nosso corpo!


Porque pra mulher é diferente? Porque as pessoas xingam e odeiam quem protesta com os seios a mostra? Porque existem pessoas que se incomodam com amamentação? Porque existem países que liberam o topless e outros não toleram? E porque logo no país do carnaval as pessoas se chocam ao ver seios na Marcha das Vadias? Hipocrisia, sim ou com certeza?

A mulher é sempre sexualizada. Sua função é despertar o desejo masculino, ser um enfeite e gerar filhos. Meninas de 3 aninhos já usam a parte de cima do biquíni, já cobrem suas “vergonhas”.
Mulheres que amamentam colocam um paninho por cima ou chamaram sua atenção "delicadamente".


Mulheres que ao protestarem contra a prostituição infantil, pedofilia, estupro mostrando seus corpos para que eles se tornem "natural" aos olhos masculinos, são satirizadas e sua causa minimizada.

Só que, nesse mesmo instante chove na televisão e na internet imagens de mulheres semi-nuas. Aqui há um outro ponto, elas estão no padrão enquanto aquelas que protestam tem seus corpos naturais.
Será que é por isso que existem tantas críticas? Será que esses mesmos homens que criticam a forma física das mulheres que estão militando tem corpos perfeitos e barrigas de tanquinho?
Será que essas pessoas que criticam dizendo que deveriam fazer um protesto mais inteligente já fizeram alguma coisa?


Nascemos pelados, existem praias de nudismo e existe o corpo nú. Isso é um fato.
E ele deveria ser visto naturalmente não como um pedaço de carne exposto.
Seio é só seio, entendem?
Chega de achar que o corpo feminino é propriedade dos homens e que devemos mostrar apenas quando eles acham necessário.
Chega de supervalorizar um peito. Chega dessa criancice de se chocar com peitos porque somos adultos feitos e não criancinhas da 5º série que ficam dando risadinhas enquanto a professora mostra um livro sobre órgão sexual.


Se um homem aparece de cueca numa propaganda, é pra vender cueca.
Mas se a mulher aparece semi-nua é pra vender carro, cigarro, cerveja, qualquer coisa. Ela não está apenas vendendo o produto, ela também é um.
E se continuarem a ver o corpo feminino como algo a parte, como um pedaço de carne que deve ser exposto apenas na hora de servir, essa vergonha continuará.
E acreditem, quanto maior a obsessão por seios numa sociedade, maior a necessidade do sutiã. 

Agora, já pararam pra pensar o porquê do sutiã e o motivo dele existir? Levantar os seios pra que eles fiquem jovens, firmes, bonitos para os homens. Impedem nosso movimento, apertam, machucam. Deixamos de lado o espartilho, mas mil coisas ocuparam o lugar.
Se este não fosse o mundo dos homens em que a principal função da mulher é servir de enfeite, será que o sutiã iria existir?
E aquela história de queimar sutiã, sabiam que é mentira? Só que seria ótimo poder queimar tudo o que nos sufoca e aprisiona da nossa liberdade. Queimar sutiã, queimar a balança, queimar o preconceito e o machismo.

"Pra começo de conversa, não é verdade que as feministas queimaram sutiãs no final dos anos 60. Isso foi uma invenção da mídia. Algumas feministas americanas realizaram uma performance, pegaram uma grande lata de lixo e lá jogaram diversos objetos, como espartilhos e maquiagem. Mas ninguém queimou nada. Alguém confundiu esse protesto com o que os jovens pacifistas faziam, de queimar suas carteiras de identidade para não serem convocados para a Guerra do Vietnã. Daí escreveram que feministas queimaram sutiãs, e sabe o que acontece quando uma mentira é repetida mil vezes? Vira verdade." Lola Aronovich (minha ídola!)


Acontece que pra gente queimar sutiã e andar sem camisa, os homens teriam que parar de nos ver como objetos sexuais o tempo todo. O que é algo impossível. Seria demais pedir que os homens parassem de nos enxergar assim.
As mulheres de Camarões quando atingem a puberdade colocam pedras quentes nos peitos para impedir que eles cresçam. Sabe por quê? Porque com o aparecimento dos seios as meninas correm o enorme risco de serem estupradas (e olha que elas andam com os seios cobertos).


E porque esses homens não colocam pedras quentes neles mesmos pra ver se conseguem se controlar? Não faz sentido as mulheres em todos os lugares do mundo terem que se mutilar/esconder/tapar porque os homens, pobrezinhos, agem como animais irracionais.
E não. Não tem essa de instinto animal. Temos um cérebro pensante e ainda que muitos homens estuprem existe uma minoria que não faz isso, então eles tem sim o poder de decidir fazer algo errado ou não.
E homens, não se ofendam quando nós ficamos com medo de sair sozinhas ou imaginamos algo ruim de vocês. Culpem os outros homens que fazem mal a nós, eles é que fazem a má fama de todos.


Se seios são vistos apenas como coisas que excitam os homens, então não vai mais ter amamentação em público ou topless (alias, alguns países já reclama  disso). Mas você sabia que homens também tem seios, com mamilos e auréola? E olha só, os peitos dos homens também são zonas erógenas, tem nervos iguais, mesma sensibilidade!
Só que ninguém liga de ver homens andarem descamisados. Eles não são objetos sexuais. Aliás, vemos muitos homens fazendo xixi na rua sem o menor pudor, e nem por isso ficamos loucas e queremos agarrá-los. A gente sabe que o pênis tem outras funções além da sexual, mas parece que os homens não enxergam nosso corpo assim.


Estou decente agora, Facebook?

E não é exagero quando eu digo que até a amamentação em público é vista com maus olhos.
Uma mulher teve sua foto retirada do Facebook pois nela estava amamentado seu filho. Uma outra foi barrada em uma exposição depois que começou a amamentar. Minha colega foi agredida verbalmente em um ônibus pois foi amamentar seu filho que chorava de fome.


Essas mulheres promoveram o Mamaço na exposição e o gerente (que tinha acabado de ser pai) disse de forma divertida que sua mulher "brigou" com ele ao saber da história.
Poxa, é tão difícil ver que a amamentação nada tem a ver com se exibir, se mostrar?


Pior ainda foi quando eu li que o Rafinha Bastos e seus colegas do CQC falaram baixarias do Mamaço (infelizmente deletaram o vídeo do Youtube).
Alguns trechos da conversa entre os moderninhos e inteligentes integrantes:
“Por que cargas d'água tem aquela mãe que enfia a teta nas caras das pessoas na rua, véio? Mano, vai prum banheiro, c*ralho, porque a gente olha, não tem como.” Tem como sim, querido Rafael.
"Joga um lencinho em cima," "Às vezes dá até um constrangimento" Constrangimento você deveria ter falando isso.
"Não precisa tirar aquele mamilo, que mais parece uma, que parece um rocambole". 
"Todo mundo lá mostrando as teta". "Não pode proibir, é um direito da pessoa (note que ele não diz da mulher), mas pô, dá uma protegida".
Aí vem o outro inteligentíssimo integrante dizer que amamentar é na verdade uma desculpa, porque no fundo o que a mulher quer mesmo é mostrar os seios. Mas isso é obvio, né? Porque elas se preocupariam com um bebê chorando em seus braços se ela pode atrair a atenção de um macho.
Mas claro, ela vai atrair a atenção de um modo negativo já que “quem quer mostrar a teta é quem não deveria querer mostrar. Nunca é aquela gostosa. Geralmente é aquela mãe com aquelas buchibas”. E concluindo assim sobre o tema Mamaço eles lamentam que nunca tenham visto a Giselle Bundchen amamentando.



Existe um movimento chamado Topfreedom, que aborda sobre o direito das mulheres ficarem sem camisa em lugares que os homens também ficam. É uma ideia de igualdade que eu acho justa.
Antigamente as mulheres tinham essa liberdade. Então eles falam que se todos começarem a ver mulheres sem camisas caminhando, nadando, trabalhando em casa, amamentando, na praia, etc, e sem agir de forma sexualmente provocativa, todos se acostumariam e não existiria mais essas criticas bobas. É só uma parte do corpo nú, qual é o pecado nisso?


Sempre quando um homem diz “Eu adoraria que as mulheres saíssem sem roupa” acrescentam “mas só as gostosas, mulher feia nem deveria existir”. Então nisso não existe liberdade nenhuma. E sim mais uma regra em que eles ditam como/quando/o que as mulheres devem fazer com seus corpos. E como eu disse, nenhum deles está no direito de cobrar perfeição de ninguém, já que também tem muitos defeitos.
E um adendo, ter defeito não é ruim. Aceitar nossos defeitos e nos amar deveria ser a coisa mais normal no mundo.

16 comentários:

  1. Oi, vi teus comentários no chongas:

    http://www.chongas.com.br/2013/02/topless-contra-o-turismo-sexual/#comments

    O preconceito contra as feministas é muito idiota e esses caras que criticam são machistas e nem sabem disso.Gostei do seu post e do blog.
    Parabèns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, eu vejo gente falando que feminismo é o contrário de machismo.
      Gente falando que feministas não precisam lutar por mais nada pois as mulheres já são livres.
      É muita preguiça de pesquisar um pouquinho sobre o assunto!
      Obrigada e volte sempre :D

      Excluir
  2. Oi, Karla. Cada dia eu gosto mais dos deus posts e m etorno leitora assídua. Você levantou uma questão que há tempos venho : se muheres ( e sexualmente interessados no sexo masculino) podem compreender que o pênis, além de ser o órgão sexual masculino, é utilizado para expelir a urina. Por que os homens (e sexualmente interessados no sexo feminino) não conseguem entender que é através dos seios que uma mulher amamenta o seu filho? Lembro que um inglês me perguntou repetidamente por que no Brasil as mulheres não faziam topless e eu tentei responder que conservadorismo não era uma coisa que existia só no Brasil. E, claro que meus argumentos não foram convincentes, aliás, nem pra mim. Depois desse dia e do argumento dele de que 'um homem pode olhar e desejar os seios de uma mulher numa praia, mas esse é o limite', penso muito na razão de, grande parte, dos homens não conseguirem perceber o limite. Creio que a resposta ainda é educação. Enquanto meninos, do mundo inteiro, forem educados para o machismo, tudo permanecerá igual.
    :*
    http://sesobrarpapel.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz por isso.
      Às vezes é complicado mesmo responder algo assim.
      E o pior é que mesmo conseguindo responder muitas pessoas ainda não vão aceitar que peitos tanto de homem quanto de mulher são iguais.
      O homem pode olhar e desejar, mas se visse sempre peitos esse desejo se acabaria. Se tornaria algo banal, assim como ver um braço - braços que se fossem mostrados em Marrocos por exemplo, seria um escândalo!
      Tem muita hipocrisia e incoerência nessas pessoas que se chocam com peitos.

      Excluir
  3. Muito interessante o post. Sou a favor de nós mulheres sermos livres, sim. Afinal, o corpo é nosso né?

    Desconstruindo Amélia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Exatamente. O corpo é nosso, mas às vezes parece que é difícil entender isso. O pior é que muitas mulheres perpetuam o machismo.

      Excluir
  4. Karla, eu adorei.
    Sou totalmente a favor.
    As mulheres se "cobrem" culturalmente por defesa, não por opção.
    Veja, eu disse culturalmente. Porque assim como você disse em seu post, a cultura ainda permanece muuuito machista.
    Quando vejo mulheres dizendo que vão sair com quem quiserem sair, que vão vestir o que quiserem vestir, que vão falar o que quiserem falar e merecem respeito do mesmo jeito que as demais, eu aplaudo.
    Tenho repulsa a teorias do crime que culpam a vítima, defendendo estupradores e outros como tendo sido atraídos pela vítima e por isso serem inocentes.
    Mulher é gente, mulher é livre e mulher não deve aceitar tolir suas escolhas e sua liberdade nem por homem, nem por ninguém.
    Igualdade e dignidade já.
    A marcha é um exemplo.
    Corpo livre, vida livre, dias livres, olhares iguais.
    ADOREI querida, parabéns!

    Beijos
    Pâmela Rodrigues
    Blog: Liste & Realize
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que essa "defesa" é muito superficial, sabendo que milhões de mulheres são estupradas em casa mesmo e por conhecidos. E a maioria nem estava na balada e nem bêbada. Alias, se alguém beber e andar com roupas sensuais isso não dará o direito a NINGUÉM estuprar.
      Mas acaba que mesmo superficial, muitas se sentem mais seguras se cobrindo.
      Por isso nunca vou desistir do feminismo e da nossa liberdade.

      Excluir
  5. Muito legal seu post!
    Acho que as mulheres deviam pensar nisso e serem mais feministas sim, exigir todo o respeito que merecemos é o mínimo pra evitar essa sociedade machista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade todas deveriam ser 100% feministas!
      Deveriam enxergar as feministas de um jeito menos pejorativo e ler sobre as lutas e sobre como sobre outras coisas importantes que precisamos conquistar.

      Excluir
  6. Teria tanto o que comentar, mas você já disse tudo! E arrasou nas imagens!
    Seu blog é muito interessante, estarei por aqui sempre! Beijo! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, obrigada mesmo!
      Seja super bem vinda :D
      Beijo.

      Excluir
  7. ok mas por que as mulheres não mostram os seios?? nunca entendi, nasci menino e quando eu ia crescendo meios de comunicação ião me dizendo o que é certo ou errado, mas enfim por que mulheres não mostram os seios??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo julgamento que sofreriam. Pra isso serve a marcha, pra naturalizar o corpo feminino. Para que as pessoas não o vejam apenas como algo sexual.

      Excluir
  8. Em pleno 2016. Estupro coletivo. E eu vim parar aqui. Concordo com cada palavra e vírgula do que está acima.

    ResponderExcluir
  9. sempre interessante esse assunto sobre discriminação feminina..sou de opinião que o estado JAMAIS deveria intervir na liberdade íntima das pessoas, em seus corpos. o próprio uso de roupa obrigatório!!?...seja por homens ou mulheres, é ridículo...não tem fundamento algum...a maioria dos indígenas das áreas tropicais da américa andavam nus antes da chegada dos europeus (e alguns assim permanecem até hoje). é obvio que a roupa tem suas funções (proteger do frio, do sol intenso) mas cada um deveria usar quando e onde bem entendesse. e ninguém deveria sesentir incomodado por isso. um peito nu não deveria ser motivo de alarde. homens não andam ´pelas ruas só de bermuda quando chega o verão...ninguém repara, ninguém xinga, ninguém chama a polícia...agora as mulheres andarem sem camiseta é "atentado ao pudor"...ahh, vão se fuder..é tanta hipocrisia que não cabe num post.
    e olha que eu sou homem.. cresci recebendo a mesma "educação" patriarcal dos demais...mas sempre me posicionei contra, não consigo aceitar isso. sou franco, falo o que penso, e por isso muita gente se afasta de mim...já criei atrito até dentro da família...mas eu não abro mão de minhas convicções e não suporto a hipocrisia desta sociedade machista, patriarcal e "doente"...e não é só homem machista..tem muita mulher que foi criada-educada-"adestrada" desta forma e perpetua essa cultura, inclusive ensinando os próprios filhos e filhas a se comportarem assim...acho que a estrutura da sociedade como um todo está errada. da família aos governos, passando pelas leis (claro que alguma coisa boa se salva no meio disso tudo, mas convenhamos, é muito pouco). tem gente que se horroriza e se comove com a situação das mulheres muçulmanas , a degradação provocada pelo sistema de castas da Índia, a circuncisão peniana em judeus (e em muitos países de tradição muçulmana também, se não estou enganado), a mutilação clitoriana de meninas em muitas culturas da África...Essas mesmas pessoas dão chilique ao ver uma mulher de peito nu na rua, no elevador, na escola..."atentado ao pudor"....haaaahaah quanta coerência, putz! fico verde de raiva!

    ResponderExcluir

Deixe abaixo de seu comentário o endereço do seu blog para que eu possa retribuir a visita :D