sexta-feira

Você não está gorda demais ou magra demais. Você é linda!



Eu as vezes penso que estou gordinha, que minha pele está feia, que meu cabelo está horrível.
Como já disse no post sobre Defeitos Corporais, nunca me modificaria para agradar outras pessoas.
Mas cada vez mais vejo gente se mutilando, sentindo dores, fome, passando horas no cabeleireiro e tudo isso para ser aceito e se aceitar. Agora me pergunto.. aceito por quem?
Se uma pessoa não te aceita por apenas você ser um ser humano com defeitos, porque você ainda pensa em agradá-la?
E se você mesmo não se aceita, saiba que a culpa nem é sua.
A culpa é de quem não te aceita e te critica. A culpa é dessa sociedade machista que coloca a beleza acima de qualquer outra coisa, como se as mulheres fossem apenas um ornamento para enfeitar. A culpa é da revista com a modelo cheia de retoques de photoshop, das clínicas que inventam milhões de modos de você emagrecer/engordar, perder celulite, perder rugas, perder estrias.
Eles criam mulheres inseguras e lucram com elas. A indústria de cosméticos que vende "beleza eterna" está lucrando mais e mais a cada ano e prejudicam o meio ambiente, exploram animais e nos ajudam a enxergar nosso corpo como inimigo.
Aí você fica doente, fica se martirizando e tem preconceito com seu próprio corpo.
Se odeia, olha no espelho e se sente a pior pessoa do mundo.
Mas nunca é tarde pra mudar. Eu mesma já larguei mão das dietas faz tempo! :D
Como o que tenho vontade e sem culpa.
E essa história de que gordas tem a saúde ruim é mentira. Isso é mais uma forma de mascarar o preconceito.
Conheço gordinhas e magrinhas que fizeram exames médicos e estão super saudáveis.
E além de saudáveis elas são lindas.
Ame suas listras, suas curvas, suas manchas!


E não é só nossos corpos que eles querem que odiemos, também nossos cabelos.
Você só é linda se tiver cabelo liso e grande. Reparem em quantas propagandas tem produtos para deixar seu cabelo "bom", e que na verdade a finalidade é alisar e com isso deixar mais comprido.
Quando eu cortei meu cabelo que estava na cintura, na orelha, muita gente teve um ataquezinho. Aliás, a cabeleireira nem queria cortar pra mim, eu tive que insistir. Até nisso temos que ser padronizadas. A cabeleireira disse que muitas meninas saiam chorando quando ela cortava um pouco mais curto do que elas queriam. Chorar???? Por causa de cabelo? Cabelo cresce, meninas.
Se querem cortar vão logo! Mudem, façam o que quiserem, não se sintam presas a um esteriótipo. Não fiquem só na vontade. Esse papo de que cabelos curtos são de homem, são pouco atraentes, etc.. é mentira. Você tem a sua personalidade, seu gosto e não deve deixar ninguém interferir.
Solte seus cachos, seu frizz, seu ondulado.. deixem eles livres dessa química toda.
Claro, você tem toda a liberdade de alisar. Mas veja até que ponto você realmente gosta do liso ou se está sendo influenciada.
Fiquei sabendo que muitas alisadas estão fazendo a transição para seus cabelos naturais. Muitas cortam seus cabelos para começar do zero. E não tem nada de choro. O que tem são muitas risadas e um tom libertador. 
Tem muitos vlogs de meninas contando sobre a transformação e ensinando a arrumarem seus cachos. Não é difícil como falam e é lindo!


A vida é uma só, não vale a pena gastar nosso tempo nos odiando e se preocupando com a opinião alheia. Se aceite, diga a você mesma "EU SOU LINDA".
Seja confiante, ser confiante é que é bonito!
E nossos diferenciais é o que nos torna humanas e únicas.

10 comentários:

  1. Assino embaixo de tudo o que você escreveu.
    Já sofri muito com dietas, sou gordinha desde criança, mas meu cabelo corto sem dó!
    Nada como um novo corte para eu me sentir livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também larguei mão. Somos lindas com nossas diferenças.
      Hoje mesmo pensei que queria meu cabelo rosa, se a tinta pegar eu vou fundo!
      Não tenho paciência para essas regras idiotas que as pessoas inventam.

      Excluir
    2. Querida Karla...
      A tinta rosa pega se seus cabelos estiverem devidamente descoloridos, o que não é nenhum bicho de 7 cabeças desde que feito de maneira correta! Recomendo um pó descolorante suave e água oxigenada 20vol., funciona comigo que é uma maravilha...Palavra de quem usa cabelos rosa a muitos e muitos anos!
      Super concordo que todos os tipos físicos tem sua beleza e a gente precisa encontrar a nossa, mesmo que seja uma beleza exótica aos olhos da maioria. Quando eu era adolescente as pessoas me taxavam de 'magra demais' e nem era tanto, era magra normal... agora que sou adulta tenho um corpão atlético graças ao Karatê e estou super feliz assim.

      Ah, um detalhe que costuma passar batido nesse tipo de post:
      "Conheço gordinhas e magrelinhas que fizeram exames médicos e estão super saudáveis." - não use 'magrelinha' como diminutivo de magra! Magrinha, por favor! 'Magrela' ou 'magricela' soam extremamente ofensivo pra quem tem quilos a menos (usavam essas palavras demais pra me ferir na adolescência), é como chamar gordas de 'balofa' ou 'roliça', e o pior é que a maioria das pessoas escreve assim e nem percebe!

      Excluir
    3. Poxa, ótima observação do termo "magrelinha". A gente escreve e fala e nem percebe que alguém pode se ofender!
      Acho que no máximo vou poder fazer mechinhas rosa pois no meu trabalho são super rígidos :(
      Obrigada pela dica!

      Excluir
  2. ADOREI O POST *--*
    Eu vivia reclamando por estar acima do peso, e hoje me aceito muito bem como eu sou, e graças a isso, as pessoas me aceitam MUITO mais :)

    Beijos,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso - @blogmarinah_g - INSTA: marinahgattuso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso. As pessoas percebem que vc parou de reclamar de si mesma. Percebem que vc mudou e te admiram mais!
      Beijos :D

      Excluir
  3. Infelizmente, eu como qualquer outra pessoa tenho sérios problemas com o meu corpo desde cedo. Melhorou muito, mas nada me agrada e eu tento lutar com isso diariamente. O meu relacionamento de agora realmente me ajudou bastante. Ouvir coisas boas e te fazerem se sentir realmente bonita e desejada independente se você comeu salada a semana inteira ou se entupiu de pizza no dia anterior, sabe?
    Só queria conseguir ter uma confiança como você consegue. Quem sabe com o tempo. Tô trabalhando nisso..

    http://www.paleseptember.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, na teoria é fácil, mas na prática...
      Eu também me detestava. Mas aos poucos essa confiança foi aparecendo.
      Percebi que ficar me odiando não ia mudar nada e ficar me ridicularizando e falando sobre meus defeitos pras pessoas, só me tornava neurótica e fazia elas perceberem quais eram.
      Pense que a vida não é pra sempre e se você quer comer algo, não se prive e coma sem culpa. E se sinta bonita depois. Não só por você fazer o que tem vontade, mas também por estar mais feliz, já que não se prende aos padrões!
      Nada melhor que a liberdade :D

      Excluir
  4. Esse site é simplesmente Demais! Amei!
    Visite o meu tbm! marifunnyblog7.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa muito obrigada!
      Vou visitar sim :)
      Beijos

      Excluir

Deixe abaixo de seu comentário o endereço do seu blog para que eu possa retribuir a visita :D